Os Nanoépicos

Nanoepicos (sem hifem nem acento)

Octavio camargo, musico animal/contemporâneo/fuckingmaximalista, me propôs esse trabalho juntos que nem nome tinha. A idéia era apenas fazer a capa e o encarte do seu primeiro disco, um registro de várias composições.O trabalho cresceu e engordou, virou uma caixinha mágica com o CD e 16 desenhos ilustrando as músicas do Octavio. De tão complexos os temas a ilustrar, demorei 3 anos pra terminar, um verdadeiro nano-épico.

Anúncios

Um pensamento sobre “Os Nanoépicos

  1. essa q o OCT : “chegou a ir a grécia ver sei lá o que, quando chegou lá pensou ter ficado louco: estava em ponta grossa!!!…” é a melhorrrr do ano!!! hahhahahhaaa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s